General Motors falida

E a indústria automobilística dos EUA ainda está falando. É que o poderoso automóvel General Motors (GM) anunciou, como esperado, sua falência . Conforme relatado, a empresa irá temporariamente para a administração de Barack Obama.

Fundada em 1908, e se tornando a segunda maior empresa automobilística do mundo, a GM pediu a Lei de Falências e entrou com pedido de concordata perante um tribunal na cidade de Nova York . Conforme relatado pelo site da DNA , cada estoque da GM na NYSE custou apenas 75 centavos, o que mostra o tempo ruim que a empresa está vivendo.

Antes da falência deste “monstro” no setor automotivo, o governo dos EUA decidiu a nacionalizar a empresa, pelo menos temporariamente, para tentar reanimar a empresa em um dos mais difíceis de crise financeira da história. O objetivo é tirar a GM da falência dentro de dois ou três meses.

O presidente dos EUA, Barack Obama, disse que este é o começo de uma nova GM através de um plano viável e realista para ajudar a empresa a se recuperar. Sobre isso, o site da La Jornada de México informou que isso implica uma quantidade substancial de dinheiro que somente um governo pode conceder. O presidente explicou, entre outras coisas, que o governo terá 60% das ações da empresa, disse o site.

Um pouco de história

Segundo o site oficial da GM , a General Motors Corp. (NYSE: GM) foi fundada em 1908 e é uma das maiores montadoras do mundo. Fabrica carros e caminhões em 34 países. Com sede global em Detroit, a GM emprega 235.000 pessoas em cada uma das principais regiões do mundo e vende veículos e serviços em cerca de 140 países.

Em 2008, a GM vendeu 8,35 milhões de carros e caminhões globalmente sob várias marcas como a seguinte Buick, Cadillac, Chevrolet, GMC, GM Daewoo, Holden, Hummer, Opel, Pontiac, Saab, Saturn, Vauxhall e Wuling, acrescenta teia.

Via: https://www.spyderrace.com.br/